PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Programadores "adoram" gambiarras, mas quem nunca praticou essa arte?

Andre Noel

29/02/2020 04h00

Pixabay

Eu costumo dizer que programadores que nasceram na década de 80 são melhores do que os demais programadores. Não é nenhum preconceito contra os mais novos ou contra os mais velhos, mas é porque a minha geração cresceu sendo educada pelo MacGyver (o original, não a cópia ruim)!

Programadores costumam ser nobres adeptos das gambiarras, principalmente porque elas são o melhor recurso para prazos impossíveis e urgentes que sempre surgem. Como já dissemos aqui, programadores são solucionadores de problemas e, às vezes, a gambiarra acaba sendo um método criativo de solucionar problemas de forma rápida. Mas fiquem tranquilos que a gente sempre retorna depois para substituir aquele trecho por um trecho mais bem escrito 😀

É fácil identificar a gambiarra em um código-fonte: é justamente o trecho que tem comentários! Você passa pelo código todo, e quando encontra um comentário, ou é para justificar a gambiarra, ou é para explicá-la, porque você não vai se lembrar depois da lógica que teve ali.

E por que não um dia para comemorar? Especialmente para hoje, um dia que eu quero declarar aqui (com exclusividade) como Dia Mundial da Gambiarra, eu fiz uma tirinha para não passar em branco:

Para auxiliar novos programadores nessa arte, eu tenho uma playlist no YouTube com videoaulas de gambiarras… Acompanhe aí abaixo:

E se você quiser andar por aí dizendo que não faz gambiarras, temos a camiseta ideal para isso:

Divulgação

Sobre o Autor

Andre Noel é programador, webcartunista, autor do Vida de Programador, professor universitário (UEM e Unicesumar), youtuber e sabe pregar botões em roupas.

Sobre o Blog

Quem é de TI sempre recebe pedidos para criar "só um sisteminha simples". A gente sabe que nunca é simples. Por isso, aqui no blog vamos falar sobre o grande universo de TI --que às vezes é engraçado, às vezes é sofrido e muitas vezes é tudo isso.