PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Trabalha com T.I.? Veja os motivos para não perder os eventos da área

Andre Noel

23/11/2019 04h03

Freepik

A área de T.I. tem vários eventos, muitas vezes categorizados por nichos específicos, outras vezes mais amplos e gerais. E uma pergunta que fica para muita gente é: vale realmente a pena investir tempo e dinheiro para participar de eventos?

Eu comecei com a carreira de programação, oficialmente, ainda na faculdade, em 2004. Desde o começo gostava de participar de eventos e sempre dava um jeito de ir a um ou outro. Já fui em vários eventos através de caravanas organizadas para ficar mais barato e acessível de participar. Também sempre fui envolvido com comunidades de software livre e comecei a palestrar sobre temas técnicos de tecnologia. A partir de 2011, quando comecei com o Vida de Programador, comecei a ser convidado para palestrar em eventos, o que fez aumentar bastante a minha participação em eventos e me possibilitou conhecer diversas cidades pelo país.

Sendo assim, eu cresci muito dentro de eventos, então você já deve imaginar qual é a minha visão a respeito. Sim, eu valorizo muito os eventos de T.I. e as possibilidades que eles abrem para você como pessoa e profissional. Mas vou tentar ser um pouco mais específico, separando em tópicos.

Conhecimento

Podemos começar traçando vantagens em relação ao conhecimento que você adquire em eventos. Sejam eventos de palestras ou workshops, você sempre aprende mais do que trabalhando todos os dias com as mesmas coisas e com a mesma equipe. É claro que em nossa área temos que aprender todos os dias e que a internet é uma fonte infinita de informação, mas em eventos temos a possibilidade de ver e ouvir soluções por um ponto de vista que não teríamos imaginado ou ainda descobrir áreas em que as pessoas estão trabalhando e que desconhecemos.

Por causa do trabalho que tenho feito no Vida de Programador, passei a ter contato com diversos profissionais que trabalham com tecnologias que eu não faço ideia de como utilizar, mas ao ouvi-los em eventos, já começo a ter a noção de onde começar. Há um tempo atrás eu tive a oportunidade de apresentar os palestrantes de uma trilha de programação onde eu não sabia fazer boa parte do que eles faziam, então foi um ótimo aprendizado sobre o que está sendo utilizado no mercado e que eu nunca precisei, mas que posso vir a precisar e já sei onde encontrar.

Networking

Essa é uma grande palavra-chave em eventos: networking. Às vezes até meio batida, mas muito real. A possibilidade de conhecer pessoas e empresas, a possibilidade de se relacionar e também se fazer conhecido é muito importante em eventos. Muitos bons negócios saem daí, também possibilidades de empregos e ainda oportunidades que às vezes se constroem anos depois. Existem vários eventos onde a oportunidade de networking é tão boa que você acaba nem conseguindo assistir as palestras, mas o evento já vale muito a pena.

Além disso, a possibilidade de se fazer conhecido não é apenas em conversas em lounges e corredores, mas muitos eventos abrem espaço para que você palestre sobre o que você sabe. Pode acreditar, o que você sabe pode ser exatamente o que alguém está precisando, então considere a possibilidade de compartilhar o seu conhecimento. E é muito verdade aquela frase que diz que você aprende muito mais quando você compartilha o seu conhecimento.

Para não ficar muito só pensando em carreiras e business, também é impossível contar a quantidade de bons amigos que fiz em eventos e são amigos que eu posso contar em diversas situações. A rede de contatos ficou tão boa que tenho amigos espalhados por aí, mundo afora, e amigos que entendem de diversas tecnologias. Várias vezes eu precisei de algum conhecimento em alguma tecnologia específica e consegui correr para um desses amigos que mesmo de longe conseguiu me ajudar a resolver ou a indicar o caminho. Além das vezes que precisei de um lugar para ficar em uma cidade ou quando precisei de um apoio logístico.

Recarga

Ainda há vários momentos em que precisamos de uma recarga de ânimo ou de um momento para espairecer e repensar no que estamos fazendo. Os eventos são bons lugares para isso. Você vai estar junto a pessoas que estão focadas num mesmo assunto, vai sair um pouco de sua rotina de trabalho e vai conseguir se reavaliar para tomar uma decisão ou para entender se está indo por um bom caminho.

Eu costumo dizer que meu ano começa bem depois de ir a um evento assim. Nesses eventos a gente vê coisas novas, revê amigos e ganha um ânimo novo para seguir adiante.

Depois de uma sequência pesada de trabalho e muito pouco tempo para tudo, semana que vem terei a oportunidade de ir a dois eventos que eu amo de coração: a Latinoware e o The Developer's Conference (TDC), que foi até o que me animou a escrever. Sei que vou rever bons amigos e vou aproveitar esses benefícios que os eventos trazem. Espero também encontrar vários de vocês que me acompanham, vai seu muito bom.

Essa é uma visão geral, quem sabe logo eu não explore mais a realidade dos eventos por aqui. 🙂

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Autor

Andre Noel é programador, webcartunista, autor do Vida de Programador, professor universitário (UEM e Unicesumar), youtuber e sabe pregar botões em roupas.

Sobre o Blog

Quem é de TI sempre recebe pedidos para criar "só um sisteminha simples". A gente sabe que nunca é simples. Por isso, aqui no blog vamos falar sobre o grande universo de TI --que às vezes é engraçado, às vezes é sofrido e muitas vezes é tudo isso.

Um Sisteminha Simples