Mais informação com menos tempo de leitura
Topo
Um sisteminha simples

Um sisteminha simples

Categorias

Histórico

Interessado em aprender programação? Veja como iniciar nessa área

Andre Noel

05/10/2019 04h00

Ainda que não seja o seu objetivo trabalhar com programação, ela ajuda a entender o pensamento lógico. Crédito: Pixabay

A programação é uma área que gera muita curiosidade e interesse, mas também parece ser algo muito difícil. Será que eu devo me aventurar nessa área? E como fazer isso?

A boa notícia é que existem muitas ferramentas e cursos gratuitos na internet para isso, pois cada vez mais é uma área que está sendo essencial para tudo. Existem campanhas que incentivam todos a aprender a programação, ainda que o objetivo não seja seguir a carreira de programação. Iniciativas como "A Hora do Código" ficaram famosas por colocar celebridades como Bill Gates, Barack Obama e diversos outros chamando as pessoas ao aprendizado.

Mas o que eu ganho com isso?

Ainda que não seja o seu objetivo trabalhar com programação, ela ajuda a entender o pensamento lógico, a sequenciar tarefas e a entender o que é e o que não é computável. Já dizem que programação seria uma "segunda linguagem" a se aprender, uma ferramenta como é para nós o inglês ou o espanhol.

Seja qual for a sua área de atuação, a programação pode ajudar a automatizar processos, cálculos e outras coisas que eu costumo classificar como "coisas que você não quer fazer".

E qual é o caminho?

Não existe um caminho único e bem definido em relação a linguagens e tecnologias a utilizar, mas o primeiro passo, com certeza, é estudar a lógica de programação. Existem inúmeros livros e cursos para isso, alguns ensinando diretamente a partir de uma linguagem comercial, outros em linguagens acadêmicas ou até pseudo-linguagens. O importante é aprender a lógica e saber que a linguagem de programação é uma ferramenta e não o seu objetivo final.

Mas qual linguagem eu devo aprender?

Já vi muitos iniciantes empolgados ansiosos para aprender todas as linguagens de programação. Mal sabem eles que já foram catalogadas mais de 2500 linguagens (sem falar em frameworks e etc.).

Ninguém precisa saber muitas linguagens para ser um bom programador. Geralmente, meu conselho é: aprendem bem (mas bem, mesmo) uma ou duas e saiba programar mais ou menos em algumas outras. Quando você precisar mudar de linguagem fica fácil.

Recentemente gravei um vídeo a respeito, sobre qual linguagem devo usar para começar. Você pode acompanhar ele abaixo.

Você concorda? Não concorda? Tem uma linguagem preferida? Comente abaixo. Como estou trabalhando nessa área de ensino, sempre gosto de receber feedbacks a respeito.

Sobre o Autor

Andre Noel é programador, webcartunista, autor do Vida de Programador, professor universitário (UEM e Unicesumar), youtuber e sabe pregar botões em roupas.

Sobre o Blog

Quem é de TI sempre recebe pedidos para criar "só um sisteminha simples". A gente sabe que nunca é simples. Por isso, aqui no blog vamos falar sobre o grande universo de TI --que às vezes é engraçado, às vezes é sofrido e muitas vezes é tudo isso.

Mais Um Sisteminha Simples